terça-feira, abril 26, 2011

Supercalifragilisticexpialidocious*

Hoje tive um dia muito legal. Peguei carona com minha mãe até a Barra Funda e cheguei mais cedo no trabalho. Com isso, tive tempo de escrever os últimos dois textos deste digno blog, selecionar algumas boas musicas de minha modesta coleção e dar uma surfadinha na internet. 
Uma bola de neve do bem foi se formando durante as horas, que agora passam rapidamente. Como é bom trabalhar com o que gosta, onde gosta!
Almoço com a rapaziada, mais trabalho, uma declaração de amor surpresa pra Sandra e algumas lembranças da minha infância, especialmente do natal me deixaram meio emocionado. Imaginei se meus filhos, teriam natais como aqueles. 
Me lembro perfeitamente de um ano, no final da década de 80.
Eu e meus primos, 8 crianças inquietas, corríamos com os novos brinquedos e saboreávamos as coisas que nossas avós faziam para a ceia, e principalmente, para a sobremesa.
Brincávamos durante a Missa do Galo e depois assistíamos os especiais da Globo. 
Neste ano, fazia muito frio em Ribeirão Pires, onde meus avós moravam. Dividíamos um cobertor gigante e colchões no chão, todos grudados vendo TV e começou "Mary Poppins"
Ficamos hipnotizados pela história daquela babá que cantava com personagens de desenho animado e voava com seu guarda chuva. Não entendia como aquilo era possível!
O silêncio, quebrado por alguns "ooh", gargalhadas e batidas de pés que acompanhavam as musicas que Julie Andrews cantava, sempre ficou na minha memória. A luz azul da TV que iluminava nossos olhos intrigados me traz uma saudade imensa.
Deus levou embora duas daquelas 8 crianças e talvez por isso, o Natal nunca mais foi a mesma coisa. Mas ao provocar lágrimas em minha mulher, simplesmente por dizer de surpresa o que meu coração pediu, imaginei como seria um natal com meus filhos, sobrinhos e Mary Poppins na TV. Ao rever este trecho, ao ouvir essa música, sinto saudades...Do que se foi, e do que virá...
Só uma palavra consegue descrever como seria este dia: Supercalifragilisticexpialidocious


   


*Supercalifragilisticexpialidocious é uma palavra inglesa que simboliza uma situação inecreditavelmente especial em nossas vidas.

3 comentários:

psisueli disse...

Leo, muitas vezes me peguei pensando a mesma coisa que vc(só que com filmes diferentes) e hj minha filha tem 4 anos e eu sofro por ver q nunca será como os meus Natais da infância. Faço o melhor q posso para q ela sinta a magia da infância, mas eu sofro com o fato q a infância supercalifragilisticexpialidocious q eu tive ela não vai ter. Famílias menores, mais afastadas, malabarismos pra manter tradições familiares... É triste, mas eu tento fazê-la sentir a felicidade de ser criança, sem perceber minhas lágrimas nostálgicas contidas. Um grande abraço. Su

Léo disse...

Difícil né Su...As gerações novas vão ter que se conformar com outro tipo de diversão. Pra nós, a saudade destes momentos. Esses dias comprei "O Magico de Oz", que tambem passou em um Natal desses. Mary Poppins estou esperando a Sandra me dar..rsrs...
Bjao!

Robson Assis disse...

mas pra mim a palavra ainda parece a introdução de I'm a Scatman, heheh.

Eu lembro que tive uma reação parecida na primeira vez que vi esse filme também.

nice post! A nostalgic one.

abraço